Sobre a nota que saiu, nesta quinta-feira (04/08), na coluna Extra Extra do jornal Extra, a Fundação Cecierj informa que o processo de contratação de empresa prestadora de serviços especializados de secretariado está suspenso em observância à decisão do TCE/RJ e no prazo para apresentar resposta. Os contratados serão alocados nos polos de apoio presencial dos cursos de graduação e pós-graduação ofertados no âmbito do Consórcio Cederj e programas a distância, como o Pré-Vestibular. Não há sobreposição de cargos,  pois o serviço pretendido (assistente administrativo e técnico executivo administrativo) é para atividades distintas aos dos servidores. A contratação do serviço se deve à expansão das atividades realizadas pela Fundação Cecierj, que consultou, inclusive, as instituições públicas de ensino que compõem o Consórcio Cederj para a elaboração do termo de referência e, posteriormente, a participação no pregão eletrônico. Atualmente são 42 polos em todo o Estado, atendendo mais de 63 mil alunos em 18 cursos de graduação, além de quatro mil alunos do Pré-Vestibular Cecierj nas modalidades on-line e presencial. Cabe ainda informar que os terceirizados vão ter carteira de trabalho assinada e o salário será pago em conta corrente e eles serão subordinados à empresa a ser contratada e não aos servidores da Fundação Cecierj.